BLOG

Campanha de segurança no trânsito

Investir em segurança é tornar mais segura e agradável a pedalada noturna.

 

Andar de bicicleta a noite pode ser bastante perigoso se você não puder ver o caminho a frente ou se não for visto pelos veículos, outros ciclistas ou pedestres. A bicicleta e o condutor devem estar bem sinalizados e iluminados para que os motoristas e pedestres saibam da existência do ciclista.

De acordo com um estudo conduzido nos Estados Unidos por Kenneth D. Cross e Gary Fisher (este, uma lenda do Mountain Bike!), os tipos de acidentes mais comuns durante a noite são:

o ciclista não vê algum obstáculo – os mais comuns são buracos, pedras, pedestres e até outros ciclistas! – e colide contra ele;

o ciclista se envolve em um acidente com um veículo a motor.

Segundo este mesmo estudo, cerca de 70% das ocorrências noturnas entre carros e bicicletas são colisões frontais ou atropelamentos em cruzamentos, num ângulo de 90º. Em apenas 21% dos casos registrou-se um ciclista sendo atingido pela traseira.

E, para finalizar, eles concluíram que o simples uso do farol noturno na bicicleta poderia evitar até 80% dos casos registrados, pois a maioria dos acidentes estava ligada à má sinalização do ciclista na escuridão.

Basicamente, existem três iniciativas que podem tornar as pedaladas noturnas muito mais seguras, a saber:

 

1) Sinalização do ciclista

2) Sinalização e iluminação da bicicleta

3) Técnicas de pilotagem defensiva: Esteja sempre na defensiva!

 

A sinalização do ciclista: É importante SER VISTO.

Esta é uma das condutas que podem ser adotadas até durante o dia. Neste sentido, procure sempre usar roupas claras e chamativas, se possível até com faixas reflexivas.

Para vocês terem uma ideia até, numa das provas mais elegantes e agradáveis do ciclismo mundial, o Audax, é obrigatório o uso de um colete reflexivo!

Existem também alguns acessórios eletrônicos próprios de sinalização noturna para o ciclista vestir, tais como Clip led, farol de capacete entre outros

Ou seja, existe uma gama enorme de acessórios para a sinalização do ciclista, que vão do simples colete reflexivo a roupas com iluminação integrada. Tudo vai depender das necessidades e do bolso do seu cliente!

 

Clip Led

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Iluminação na bicicleta: Visível para motoristas, pedestres e ciclistas

Em se tratando da sinalização da bicicleta, a variedade de acessórios se amplia e muito! O Código de Transito Brasileiro obriga a bicicleta a possuir refletores na dianteira, na traseira e nas laterais.

Por padrão e experiência, o ideal é que utilize uma luz intermitente (que pisque rápido) na cor vermelha na traseira da bicicleta, e uma luz na cor branca piscante na dianteira, pois os refletores têm sua visibilidade muito restrita. Com esses dois acessórios, a bicicleta ficará muito mais visível aos motoristas, pedestres e outros ciclista, fazendo com que o passeio noturno fique muito mais seguro.

 

 

Equipamentos de sinalização obrigatórios

 

 

Com relação a iluminação do caminho, é necessário estabelecer qual o tipo de trajeto a percorrer, pois temos disponível desde simples lanternas a pilha até complexos sistemas de iluminação com LED que contam até com baterias recarregáveis!

Por via de regra, um ciclista a uma velocidade de 12 km/h precisaria de uma farol com lâmpada de no mínimo 3 watts de potência (estes valores aumentam proporcionalmente na medida em que aumenta a velocidade), pois em se tratando de pedalar a noite na cidade, a iluminação compete com a iluminação pública e de outros veículos, dificultando a percepção visual. Em uma trilha ou estrada sem movimento, a necessidade de iluminação diminui bastante, pois nossa visão se adapta ao escuro. E se for uma noite de lua cheia então…

Dê sempre preferência a faróis com lâmpadas do tipo LED, cujo preço hoje em dia é bem mais em conta, e a iluminação é bem mais eficiente. Na dificuldade em obter um sistema deste tipo, a iluminação através de lâmpadas halógenas também é bem satisfatória, sendo mais acessíveis. No entanto, a tecnologia vem mudando muito. Atualmente, muitas bicicletas urbanas já vem com faróis integrados baseados nos antigos dínamos, no qual a própria energia do ciclista ao pedalar alimenta energeticamente o sistema!

 

Bike 700 Pista Vintage City 52 Pol Branca – Com farol Dinamo

 

Técnicas de condução da bicicleta durante a noite: Sempre na defensiva!

Como técnicas de pilotagem, em primeiro lugar, o ciclista precisa sempre imaginar que está invisível aos carros! Portanto, tudo o que for fazer, é importante que seja feito com atenção redobrada ao redor.

Sempre procure transitar em ruas de menor movimento de veículos. Uma outra dica é utilizar óculos com lentes âmbar (amarelas), antiofuscantes, que ajudam a inibir dificuldades com o reflexo da luz em sentido contrário. Lembre-se também, principalmente nas pedaladas mais longas, de levar pilhas extras para as lanternas. Acredite: elas sempre acabam quando mais se precisa!

Procure sempre pedalar em grupo, mas nunca de forma que ocupe totalmente a faixa de circulação de carros. Isto costuma irritar os motoristas, e definitivamente não queremos fazer parte de uma “guerra urbana”, e sim nos divertir e conviver em paz!

 

Equipe sua loja, venda mais segurança para seus clientes.

Clique aqui e encontre a variedade de itens de sinalização.

 

 

Fonte: http://www.euvoudebike.com